Diferença de pisos vinílicos e laminados

Ao iniciar uma reforma ou construção da casa, nos deparamos com diversos produtos que estão surgindo no mercado como é o caso do piso vinílico. Mas sabe qual a diferença dos pisos? E qual é mais indicado para você?

Há vários detalhes que influenciam na escolha do melhor piso e tomar uma decisão às vezes pode ser complicado, portanto preparamos o texto abaixo para ajudar:

Piso Vinílico

Apesar de começar a aparecer recentemente no mercado brasileiro, seu uso na Europa e Estados Unidos já é muito aceito. A instalação é fácil, rápida e a superfície precisa estar uniforme e limpa. O material não mancha, é antialérgico, muito resistente, com alta durabilidade, não faz barulho ao andar e tem diversas cores e formatos. A limpeza é feita apenas com pano úmido. O piso é uma laminação de camadas de PVC e minerais. Uma das maiores vantagens é que pode ser aplicado no sobre o piso já existente, entretanto não é recomendado sobre pisos de madeira ou locais úmidos. A superfície que for aplicada não pode haver imperfeições ou irregularidades, pois pode marcar o produto.

Outra vantagem é a fácil aplicação, o piso vinílico é macio, silencioso, térmico, antialérgico e muito resistente proporcionando conforto e segurança. Possui grande resistência e não absorve a água facilitando a limpeza, principalmente para quem tem bichinhos de estimação.

É mais indicado para ambientes internos, por isso deve-se evitar o seu uso em banheiros e áreas externas, porque o contato constante com a água e a umidade pode comprometer a cola aplicada.

É uma opção ecologicamente correta, visto que é fabricado a partir de materiais reciclados.

Piso Laminado:

As principais vantagens são a rapidez e a relativa facilidade na instalação. Uma equipe com dois instaladores colocam em média 50 m2 de piso em um ambiente vazio. Outra grande vantagem é o preço, em geral inferior ao vinílico. Existem diversas opções de texturas no mercado, que podem ser réplicas fiéis da madeira natural, imitando até as tonalidades acinzentadas, os rústicos e de demolição. As réguas têm entre 7 e 9 mm e existem com até 2,05 m de comprimento. O revestimento normalmente é fabricado a partir de madeira de reflorestamento e é muito mais resistente a riscos do que a madeira natural.

O piso laminado tem este nome por ser fabricado em camadas. É revestido de uma lâmina decorativa e o miolo, normalmente, com elementos obtidos das fibras da madeira, sempre com manejos de áreas reflorestadas e ecologicamente corretas. A proteção final se dá por uma camada de filme cristalino de celulose que impermeabiliza e da resistência ao material. Normalmente é um revestimento que não favorece a acústica, porém existem varias soluções de mantas a serem aplicadas sob o piso, reduzindo substancialmente o barulho.

São produtos que contam com uma garantia longa, geralmente de dez anos, mas o processo de limpeza contará muito para o prolongamento da vida útil do piso laminado. Produtos abrasivos, saponáceo e buchas poderão manchar o piso com o passar do tempo.